Em 7 minutos, este pastor deu a melhor explicação sobre dízimos que você ouvirá em tempos


Este homem é uma prova de que para Deus tudo tem jeito: Zé Bruno foi um dos principais “bispos” de uma das principais igrejas neo-pentecostais do país. Hoje, longe das pregações que “trocam pagamentos de carnês por bençãos”, ele dá a mais lúcida explicação sobre dizimo que você provavelmente já ouviu:

“Deus não é o leão do imposto de renda que quer olhar os 27,5%, ou os 11%, ou seja lá o que for, para ver se libera a bênção do céu ou não”

Recomendo os outros vídeos dessa série “Vetores“, e de uma outra série que ele já gravou, “Já te disseram que você já é feliz?“.

Anúncios

Essa playlist mostra que o “rock” está salvando a música cristã


Para o post abaixo, você vai precisar de:
– Fones de ouvido;
– Largar alguns preconceitos. 🙂

Uma Canção para Deus

Pessoas, depois de um longo inverno, rsrs, eu voltei com os posts aqui no UCPD.

E voltei com uma playlist que há tempos ando querendo postar aqui.

Quando se ouve expressões como “rock gospel” e “rock cristão”, a primeira reação de muitos é torcer o nariz, e com motivos: afinal, chega a dar nojo os esforços de algumas igrejas em criar uma versão gospel para cada lixo que há no mundo.

Mas, olha… Talvez o rock gospel mereça um pouco da sua atenção…

Sabe aquelas letras profundas, que “mexem na ferida” sem dó, e questionam a nossa vida cada vez mais fora da doutrina?

Pois é, é lá mesmo, na boca das bandas de rock cristão, que elas estão.

Bandas como Resgate, Palavrantiga, Oficina G3, Casting Crowns, só pra citar algumas, tem em seus repertórios letras incríveis, que nos faz pensar, e que pregam o evangelho mais que muito “pastor”…

Ver o post original 131 mais palavras

Esse rapper contou toda a história do evangelho em 4 minutos: ficou lindo e fez todo o sentido!


Quem fez a arte foi o rapper norte-americano Propaganda (esse mesmo o nome do rapaz). Recitando a poesia intitulada G.O.S.P.E.L. (“Evangelho”, em inglês), ele resume a história do Evangelho em apenas 4 minutos de rimas.

Talento usado para a pregação do evangelho! Que lindo!

E você, como tem usado os seus talentos para anunciar Jesus para o mundo?

Vício, compulsão, violência: é o que revela estudo de universidades britânicas sobre pornografia


Martin Daubney é jornalista e vive na Grã-Bretanha. Martin não se declara cristão, e não se declara pertencente a qualquer igreja.

Na verdade, nos anos 80, ele foi o diretor de uma das maiores publicações pornográficas daquele país, o que faz ele ter uma visão bem “permissiva” sobre pornografia.

Hoje, Martin não trabalha mais nesta revista. Hoje ele é pai de um menino de 4 anos.

E é justamente Martin que apresenta o documentário que você verá em seguida. Trata-se de uma pesquisa da University of Cambridge e da University of East London, que analisa o efeito que a pornografia causa nos cérebros de crianças e adolescentes.

Martin também entrevista um jovem chamado Calum. Ele é universitário, tem 19 anos e é assumidamente viciado em pornografia. Calum já chegou a se masturbar 28 vezes em um mesmo dia! Segundo o depoimento do próprio Calum, “(sexo) não é tão bom quanto a masturbação”.

Aliás, um dos momentos mais impressionantes de todo o documentário é quando Calum, dirigindo seu carro e dando a entrevista, ao ver uma mulher de shortinho curto na rua, para o carro metros depois, no primeiro estacionamento que encontra, abandona a entrevista e diz que vai ao banheiro, compulsivamente… É de dar tristeza… Só aí você poderá entender o significado da palavra compulsão. A compulsão que faz um garoto correr para o banheiro para se masturbar é a mesma compulsão que faz com que um homem ataque e estupre uma mulher na rua. Não estou dizendo que todos que veem pornografia são estupradores ou pedófilos, mas você tem que concordar que todo o pedófilo ou estuprador começou vendo pornografia.

Os resultados das pesquisas são chocantes: boa parte das crianças e adolescentes britânicos (estou falando de uma faixa etária entre 10 e 16 anos) tem um acesso cada vez maior à pornografia pesada. Essa mesma pornografia seria a principal causa de problemas de disfunção sexual de jovens entre 18 e 20 anos. Entre jovens que tem de 16 a 19 anos, 23% já tentaram parar de assistir pornografia, e não conseguiram.  Segundo o estudo, o acesso a pornografia estimula as mesmas áreas do cérebro que são estimuladas pelo consumo de drogas como cocaína e heroína, por exemplo. E geram a mesma dependência.

Ou seja, pornografia pode sim ser considerada um vício. Como qualquer outro.

O documentário também mostra como a pornografia está influenciando a violência contra a mulher: meninos pré-adolescentes encontram na pornografia pesada que  uma simples busca na internet pode mostrar, aquela que na maioria das vezes será o seu primeiro contato com o sexo. Ou seja, temos uma geração de garotos que estão sendo educados para serem egoístas e buscarem sexo apenas para o seu próprio prazer, de uma maneira sem qualquer limite, ainda que isso signifique violência contra a mulher.

Depois de todos esses fatos, até mesmo Martin, que trabalhou anos com pornografia, ficou extremamente impressionado. Afinal, hoje ele tem um filho de 4 anos de idade, que está sujeito a tudo isso.

Martin ainda tem uma visão “romântica” da pornografia dos anos 80, a qual segundo ele era mais leve “só mostrava seios”. Mas nós bem sabemos que “um abismo puxa outro abismo”. Assim como ninguém entra no mundo das drogas pelo crack, ninguém entra no mundo da pornografia pelo “hardcore porn“, a pornografia leve que você consome hoje se tornará na pornografia pesada que você consumirá amanhã. Por isso que, segundo Jesus, olhar para uma mulher com cobiça já pode ser considerado adultério (Mateus 5:27). Talvez você não se masturbe 16 vezes por dia, mas se você permite essas praticas em sua vida, é bom que você saiba por qual caminho você está caminhando…

Bem , vou parar de escrever e deixar você assistir o vídeo (se ele estiver fora do ar, avise nos comentários):

Tenho me preocupado em trazer uma visão da pornografia que vai além da visão bíblica, pois é importante mostrar como a ciência aos poucos vai confirmando aquilo que a Palavra de Deus já nos diz há milhares de anos. Espero que esse post possa fazer você refletir sobre tudo isso.

Se você quiser, temos outros posts sobre pornografia neste link, para você ler refletir e pelo menos questionar sobre essa prática na sua vida.

Falamos tanto que pornografia é pecado, mas você que ainda não é cristão, ou ainda é novo na Graça talvez nem entenda direito o que significa “pecado”, e porque ele causa tanto mal na vida de todos nós. Pode ter certeza que pecado não são apenas dogmas, regras de uma igreja ou religião. E pecado também não é a determinação de um Deus que só se interessa em “cortar a nossa diversão”. Aos poucos, eu estou escrevendo uma série de textos que tenta explicar o que é pecado e o que ele causa na prática em nossas vidas, com exemplos reais. Se você se interessar, acesse neste link.

Indique para seus amigos, e  se possível, compartilhe nas suas redes sociais.

Siga o Eita Mocidade no Twitter e no Facebook e não perca os textos que forem surgindo.

A pornografia dentro do casamento [Vídeo]


Particularmente, não sou daqueles que condenam a televisão, apesar de me sentir a cada dia mais ‘desapegado’ em relação a ela. Para mim, sei lá, 90% do que se passa ali é no mínimo perda de tempo, para não dizer nocivo, para não dizer pecaminoso.

Aliás, a internet não é tão diferente. Aliás, a sua roda de amigos da escola, do trabalho, da faculdade não é diferente. Enfim, creio que tudo está em observar na comunhão e saber o que se pode aproveitar e o que é necessário descartar, desde que nada disso te afaste, ou te esfrie de Deus.

Essa é a minha opinião. Você deve ter a sua, e eu respeito.

Entre os canais de TV, a Record é o que me deixa mais indignado: pois, mesmo sendo chefiado por um líder evangélico, pouco do que se exibe ali é aproveitável para a sociedade e para o cristianismo.

Mas, tem um programa… Que faz a Record ser maravilhosa! Que é um exemplo do que todo programa daquela emissora deveria ser!

Pode se dizer que o  “The Love School – A Escola do amor” é um programa de utilidade pública, que todos -casados e solteiros – deveriam assistir! Comecei a assistir há pouco tempo, e percebi que o programa é de um conteúdo maravilhoso, no que diz respeito a aconselhamento para casais, noivos, namorados e solteiros.

CHEGA DE RODEIOS, VAMOS AO ASSUNTO!

No último sábado, o programa trouxe como história principal o drama que um casal viveu e venceu: o marido era viciado em pornografia. O casal conta em detalhes como esse mal levou o casamento ao fundo do poço, e como eles venceram esse mal. História comovente.

Se você ainda tem problemas com essa parte, que esse seja mais um post do Eita Mocidade que te faça refletir, e te encoraje a enfrentar esse mal e alcançar sua libertação. Pela saúde do casamento que Deus está preparando.

Às vezes você – jovem, solteiro –  ainda mantém essa prática, e não dá importância pra isso, e acha que não tem problema… Mas, olha só como esse problema inofensivo pode se transformar em um verdadeiro monstro lá na frente. Pense nisso.

Aqui, mais textos sobre pornografia.

Como a pornografia afeta o seu cérebro


Quando uma pessoa está viciada em pornografia, não se trata apenas daquilo que nossos parentes do interior chama de  “safadeza”. Não se trata apenas de um hábito, ou uma curiosidade, onde qualquer um pode começar e parar na hora que quiser.

Trata-se de vício. Vício. Como qualquer outro.

E não sou eu que digo isso, mas sim uma pesquisa científica apresentada professor adjunto da Southern Oregon University (EUA),  Gary Wilson.

Na pesquisa (cujo link para o vídeo está no fim do post), Wilson apresenta os efeitos que a pornografia causa no cérebro humano, explicando detalhadamente – mas de maneira simples, onde qualquer leigo pode entender – como o acesso a pornografia dispara substâncias no cérebro que acabam provocando o vício.

Se quiser ver nossos outros textos sobre pornografia, clique aqui.

Mas o vício é apenas o primeiro dos problemas que a pornografia causa: este mal acaba trazendo consigo outros males como crises de ansiedade, depressão e disfunção erétil.

Outra questão interessante levantada por Wilson foi a dificuldade que ele encontrou para realizar essa pesquisa, pois se de um lado ele tinha vários voluntários viciados em pornografia, do outro lado, ele simplesmente não encontrou homens usuários de internet que não acessam pornografia. Isso nos Estados Unidos, um país predominantemente cristão, predominantemente protestante, predominantemente evangélico…

Bem , vou parar por aqui, e vou deixar você assistir (e indicar) o vídeo. O vídeo está em inglês, portanto, se vc não tem intimidade com o idioma, use as legendas do Youtube, que estão funcionando perfeitamente bem em português (já testei).

E você pode conhecer mais sobre o trabalho do Gary Wilson sobre os efeitos da pornografia no cérebro humano [altamente recomendável] em seu site: http://www.yourbrainonporn.com/

E a Palavra foi pregada na Rede Globo, para milhões verem…


Stefani já está grávida aos 14 anos. Segundo o que ela mesmo disse, parou de ir á escola, e até de dançar, algo que tanto gostava de fazer. E mantem a gravidez em meio as dúvidas: “… era pra eu estar curtindo, estudando…”

Vitória é outra adolescente que conheceu a gravidez cedo demais. Segundo mãe, ela sequer tem paciência com crianças, nem mesmo seus irmãos menores. Ela não entende como será quando Vitória tiver que ter paciência com o seu próprio bebê.

Enquanto isso, em Salvador, onde segundo o IBGE, 35% das crianças do 9° ano do ensino fundamental já transaram, as escolas tentam tratar o problema da gravidez precoce das mais variadas maneiras: desde a ‘sala da sexualidade’ até a disponibilização de camisinhas, meninos vestidos de meninas em peças de teatro e muuuuita conversa. Mas, basta uma conversa com os alunos no pátio da escola para ver que o esforço não está surtindo efeito…

Já Shirlei e Maicon ‘burlaram’ o sistema e estão fazendo o que parece impossível para todos: esperar. Até o casamento. Evangélicos que são, o fazem por obedecer a Palavra de Deus e entender que Ela é o melhor guia. Eles namoraram por quatro anos, Maicon tem um emprego, Shirlei pode realizar o sonho de toda a garota, escolher seu vestido de noiva, ter uma festa, lua-de-mel… Sem gravidez precoce, mal-humor, incertezas e indecisões. O único incômodo que Maicon carrega é de ser apelidado de “donzelo” pelos seus colegas de trabalho, nada que não dê pra ser levado na esportiva. E, cá entre nós, olhando para as histórias das meninas acima, prefiro ser chamado de donzelo…

E enquanto governos, psicólogos, pedagogos e afins ‘quebram a cabeça’ para resolver uma questão de calamidade social – no Brasil, uma menina de 10 a 14 anos é mãe a cada 20 minutos – a Palavra de Deus vai se mostrando mais uma vez infalível, dialogando e mostrando para cada jovem cristão que Deus, o Criador, tem razão naquilo que recomenda. E o exemplo da Palavra se torna tão forte e tão grande que não cabe mais dentro da igreja. Ele explode, e vai parar em um dos principais programas jornalísticos da principal emissora do país!

A prova viva da eficácia da palavra de Deus, de que 1 Tessalonicenses 4:31 Coríntios 6:18Atos 15:20Colossenses 3:51 Coríntios 6:13 e outros tantos versículos sobre fornicação não são imposição da igreja, de religiões ou fantasia: eles estão certos, funcionam e tem aplicação prática nos dias de hoje. Uma bela resposta para aqueles que duvidam da Palavra e ainda querem provas do que está escrito na Bíblia.

O que o Brasil inteiro viu naquela terça, para nós, Cristãos, é algo corriqueiro: só na minha comum congregação já tem 4 casamentos marcados. Benção de Deus para nós já se tornou algo normal.

O Profissão Repórter mostrou vários exemplos daqueles que escolhem seguir a doutrina da Palavra e a doutrina do mundo. E a cena do casamento, e da felicidade de Maicon e Shirlei foi perfeitamente escolhida como cena final do documentário, para não deixar dúvida a ninguém do caminho certo a se seguir. E a Palavra foi pregada na Rede Globo, para milhões verem, ouvirem e comprovarem que não pastores, ou homens que carregam quaisquer títulos, mas Deus, Ele é fiel!

Segue o vídeo, para quem não assistiu. E se você ainda tem dúvida desse Caminho, reflita nesse post e nesse vídeo e tire suas próprias conclusões: