Sobre o dia de finados


(DEVOCIONAL: “UM POUCO DE LUZ” (02/11/15), por Alceu Figueiredo)

O DIA DE FINADOS. A data era completamente desconhecida nos primeiros séculos do cristianismo. Ainda que alguns aleguem que eram comuns as visitas as catacumbas, contudo, não havia um dia determinado para isto, nem os cristãos prestavam qualquer homenagem aos falecidos, pois sabiam da proibição em se consultar os mortos; seja no sentido de interceder por eles, ou fazer petições. Isto é uma abominação (Dt 18:10-12).

Continue lendo “Sobre o dia de finados”

Anúncios

Por que as garotas cristãs postam “selfies” sedutoras?


(Por Kristen Clark, traduzido por Fernanda Moura)

Quando eu estava no ensino médio Bethany e eu decidimos que queríamos fazer um ensaio fotográfico muito legal de nós mesmas.
Nós colocamos as roupas mais modernas que encontramos, nos cobrimos de jóias, dobramos a maquiagem e fomos a uma localização “prime” – nosso telhado. Nós recrutamos (imploramos) uma de nossas irmãs mais novas para ser nossa fotógrafa. Todas nós escalamos até o telhado da nossa casa e ela mandou ver com a câmera.
Sim, um telhado é um lugar aleatório para fazer um ensaio fotográfico, mas nós fizemos lá para ter aquela de passarelas soprando nos nossos cabelos. Para cada imagem, nós posamos exatamente da maneira que tínhamos visto as modelos profissionais fazendo com seus lábios cheios, uma sobrancelha levantada, mão no quadril e olhar sério.
Sem termos sido ensinadas sobre como posar de maneira sedutora, nós eramos profissionais e sabíamos exatamente o que fazer. Nós, orgulhosamente, postamos nosso ensaio no Facebook e esperamos os elogios chegarem.

SEDUÇÃO É A NOVA NORMA.
Tristemente, nós vivemos em uma cultura que “treina” nossas mentes para visualizar sedução como a norma de uma juventude. Apenas dê uma rápida caminhada no shopping e você verá poster após poster apresentando modelos atacando com uma pose sensual. Desde a invenção do Pinterest, Instagram e outros aplicativos, imagens sexualizadas estão nos nossos olhos muito mais do que antes.
Como meninas cristãs, nós estamos sendo bombardeadas pela mensagem da nossa cultura de que poses sedutoras e sensuais são legais, descoladas e normais. Tirar “selfies” sensuais não é mais vulgar… é aceitável e louvável. Desde que nós vivemos em um mundo em decadência faz sentido que nossa cultura louva e encoraja as meninas a agir desta maneira.

FAZ SENTIDO QUE AS SUPERMODELOS E MENINAS NÃO-CRISTÃS NÃO TENHAM PROBLEMAS QUANTO A POSTAR “SELFIES” ASSIM
A questão que eu tenho para vocês é esta: Por que as meninas cristãs estão postando “selfies” sedutoras ao redor do mundo??
Eu fico chocada às vezes quando eu entro no meu Instagram e vejo algumas poses sensuais que algumas amigas cristãs estão postando. O que me surpreende ainda mais é os comentários que eu leio de outros amigos cristãos que estão elogiando estas imagens e as chamando de “linda”. Então o que há com isso? Parece uma epidemia está tomando conta nos últimos anos.

POR QUE AS MENINAS CRISTÃS GOSTAM TANTO DE POSTAR SELFIES SEDUTORAS?
Eu sei a resposta para essa pergunta porque eu costumava ser uma destas meninas. Eu costumava ser a menina por trás do celular fotografando aquelas poses sensuais. Eu era a menina no telhado fazendo um ensaio fotográfico para mostrar o resultado aos meus amigos.
Para mim, eu postava aquelas fotos porque queria que os meninos reparassem em mim. Eu queria que as pessoas elogiassem “quão bonita eu era”. Eu amava ouvir o louvor e aprovação dos meus amigos. Nunca foi um acidente eu ter postado uma foto minha. Foi intencional e planejado. Eu tinha visto imagens demais de modelos para saber como uma imagem “quente” deveria ser.
Muitos de vocês que estão lendo este blog sabem exatamente do que eu estou falando porque vocês fizeram a mesma coisa.

A VERDADE É, POSTAR SELFIES SEDUTORAS É APENAS UM SINTOMA EXTERIOR DE UM PROBLEMA MUITO MAIS PROFUNDO
É um sinal de uma menina que está passando por algo mais. É um sinal de uma menina que está tentando preencher seu tanque de aprovação através dos louvores e elogios de seus amigos. Uma menina que suplica pela atenção dos rapazes e espera que eles irão reparar uma de suas fotos. Uma menina que quer parecer confiante, mas é fraca e sozinha por dentro. Uma menina que gosta de seduzir meninos só por fazê-los “querer o que não podem ter”.
“Selfies” sedutoras não são nada mais que imagens que gritam, “Olhe para MIM!”. Elas são uma oportunidade de apontar o holofote para você mesmo por um curto momento e esperar que alguém perceba.

COMO MENINAS CRISTÃS, DEUS NOS CHAMA PARA UM PATAMAR MUITO MAIS ALTO DO QUE JOGAR O JOGO DA SELFIE SEDUTORA
O propósito de nossas vidas é direcionar outros para Cristo, não para nós mesmos. Esses tipos de fotos nunca são centradas em Cristo, mas são sempre centradas em nós mesmas. Deus nos chama para viver vidas moralmente puras, de todas as maneiras. Postar fotos sensuais de você mesmo não está promovendo pureza ou santidade pelo corpo de Cristo.
Desde o dia no telhado, Deus me fez convicta sobre a motivação e condição do meu coração. Diga-me se você acha que selfies sensuais estão de acordo com Efésios 5:1,3: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; Mas a fornicação, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos”.

O QUE VOCÊ ACHA?
Primeiro somos chamadas de imitadoras (reflexos) de Deus no mundo ao nosso redor. Você e eu somos filhas de Deus! Nós precisamos refletir o caráter e pureza do nosso Pai. Segundo, nós fomos mandadas para ficar longe de qualquer forma de imoralidade sexual e toda impureza, você entende isso? “…e toda impureza…”.

SELFIES SENSUAIS NÃO TÊM CHANCE CONTRA ESTES VERSOS
Nossa cultura nos diz que santidade e pureza é bobagem, e que sermoe tão reservadas nos vai levar a uma vida de tédio. Se fosse o caso, por que existem tantas meninas solitárias, sozinhas, deprimidas, inseguras e carentes?
Deus nos dá instruções para pureza e santidade porque Ele sabe o que é melhor para nós. Verdadeira alegria e contentamento não virão de aplausos dos nossos amigos, somente virão pela obediência e honra a Deus. “Bem aventurados os retos em seus caminhos, que andam na lei do Senhor! Bem aventurados os que guardam os seus testemunhos e que o buscam com todo o coração.” (Salmos 119:1-2)
Eu sei que você quer ser bem-aventurada por Deus. Eu com certeza quero! Em vez de se esforçar em busca de aplausos vazios deste mundo, se esforce pelo aplauso preenchedor do nosso Rei.

VOCÊ NUNCA SERÁ MAIS FELIZ DO QUE QUANDO VOCÊ ESTÁ VIVENDO PARA A GLÓRIA DE DEUS
Como meninas cristãs, nós temos a responsabilidade de honrar nosso Rei em cada área de nossas vidas. Nós temos a responsabilidade de refletir a imagem de Cristo para o mundo perdido ao nosso redor.
Você irá se juntar a mim rejeitando a tendência das selfies sedutoras? Você irá dizer não a postar imagens “auto-glorificantes” que colocam toda a atenção para você?
Nosso mundo está precisando de meninas cristãs que estejam dispostas a se levantar para a verdade de Deus, mostrando algo maior que elas mesmas.

Vamos tornar isto pessoal:
– Você se sente culpada por postar selfies sensuais? Se sim, qual a motivação por trás delas?
– Você está disposta a pedir pelo perdão de Deus por não refletir bem Sua imagem? Se sim, confesse seus pecados e peça a Deus que crie um coração limpo e puro dentro de você.
– De quais maneiras você é influenciada a pôr a atenção em você em vez de em Deus?

Texto original em:  http://www.girldefined.com/christian-girls-post-seductive-selfies

Agradecimentos à página Não Sou Princesa, Sou Serva, por nos ter cedido o conteúdo. (Ótima página, recomendo!)

A atitude desse pastor nos fará repensar nossa caminhada com Deus


O pastor Jeremias Steepek (foto) se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam “oi” para ele. Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.

Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anuncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congregação: “Gostariamos de apresentar à vocês o Pastor Jeremias Steepek”. As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:

“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’. “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’ “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.”

Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha. O pastor disse então: “Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos. Quando vocês se tornarão discípulos?”. Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: “Até semana que vem”! Ser cristão é mais que algo que você defende.

Como visto no Facebook da nossa irmã Sâmella.

Quer uma limonada? Então clique aqui…


Em um site de notícias, visualizei este álbum de um fotógrafo que registrou a primeira experiência de bebês com limão. A reação de cada um com o azedo difere e podemos notar isso com a sequência de fotos…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Me fez lembrar também um fato que aconteceu comigo:

Eu estava no meu ponto de táxi dias atrás, quando passou um vendedor de limões nos oferecendo sua mercadoria. Comprei um pacotão por R$ 2,00 e fiquei satisfeito com a compra, após fazer uma limonada no meu almoço em casa e constatar a qualidade deste limão cheio de sumo. Enquanto preparava o suco na cozinha, me veio um ditado popular na mente que gostaria de comentar neste texto:

“SE A VIDA TE DER UM LIMÃO, FAÇA UMA LIMONADA”.

Acredito que esse “A VIDA” são todos aqueles acontecimentos que vão se acumulando enquanto vamos vivendo e a lista é infinita de coisas que a vida nos dá ou não, que vão marcando nossa alma ao longo da nossa trajetória.

E os oferecimentos da vida vão se acumulando, alguns ótimos é verdade, mas alguns tão ruins que quando guardados mofam e fedem, e o mau cheiro ecoa por todo canto fazendo as pessoas até se afastarem.

Se você ganhar um limão, veja logo o que vais fazer com ele e que isso te trará de bom lá na frente para não acabar com um cesto cheio de limões podres.

Quantas vezes não ouvimos alguém justificar sua vida pelas ações que outras pessoas fizeram com elas.

A lista é infinita de desculpas para justificar por que a pessoa sente mágoa, ou não consegue perdoar, ou não esquece algum desagravo.

“Viu só o que Fulano fez comigo?”

Essa pergunta eu ouço sempre. Mas acredito que seja a pergunta errada.

O certo seria:

“Viu só o que eu fiz da minha vida, mesmo recebendo tantos limões?”

Independente da forma como a pessoa foi criada, das oportunidades que teve dos limões que recebeu, ela tem escolha:

Pode escolher deixar os limões mofando no cesto de frutas e usá-los para mostrar a todo mundo por que sua vida foi sem propósito, justamente porque é impossível ser feliz apenas com limões velhos que te deram.

Ou pode escolher fazer muitas limonadas e quem sabe, até matar a sede daqueles que te fizeram sofrer…

Quando alguém te magoar, você pode escolher guardar essa mágoa para sempre, usando como desculpa para não fazer mais nada na sua vida.

Ou pode transformar essa mágoa em sorrisos, em bem querer, porque você não precisa guardar tudo que te dão.

Quando você tiver um limão, faça uma limonada!

Isso é o que um cristão genuíno faz!

Mas um tolo faz exatamente o contrário. Se vir que a vida lhe deu um limão, renuncia e diz:

“Estou derrotado. É o destino. Não tive sorte”.

Depois, põe-se a queixar-se amargamente do mundo e entrega-se a uma auto piedade.

O crente sensato, porém ao receber um limão diz:

“Que lição posso tirar desse infortúnio? Como poderei melhorar minha situação?”

Ao invés de reclamar do azedume e da acidez do limão, arregace as mangas e seja o responsável por fazer a melhor limonada de todos os tempos!

Ou seja, quando estamos diante de uma situação nova, desconhecida demais ou grande demais, encare-a como uma oportunidade de crescimento, de aprendizado e de mostrar o seu potencial diante dos seus adversários.

Seja em qual setor da vida for não recue e siga em frente. Nunca duvide de que, com serenidade e confiança, sim, você é capaz de transformar o azedo em doce!

Sua história pode ter momentos de azedume, mas não significa que você precisa ser azedo. Faça como os fofuchos das fotos, após experimentarem o azedo do limão:

DÊ UM DOCE SORRISO E SIGA!

se-a-vida-te-der-limoes-faca-uma-limonada-paisagem

Texto escrito e cedido por Alexandre Leite. Visite o seu grupo no Facebook e leia esses e outros textos.  

Cristãos e os direitos civis: o exemplo de Paulo


QUANDO o apóstolo Paulo estava organizando as primeiras Congregações ele se deparou com o problema da escravidão; e como não estava desfraldando bandeiras políticas de protesto, mas anunciando o Reino de Deus que muda primeiro o homem em seu interior, para depois influenciar mudanças na sociedade e nos relacionamentos humanos; então, Paulo não procurou questionar diretamente a instituição da escravidão, antes abrandá-la com a adoção de atitudes mais positivas entre senhores e escravos, e orientou na carta à Timóteo (cap 6) de que o relacionamento entre senhores e escravos devia seguir nova orientação; conforme escreveu aos Gálatas: não há escravo nem livre, porque todos sois um só em Cristo Jesus. (Gl 3: 28)

Paulo deu um bom exemplo quando da conversão do escravo fugitivo de nome Onésimo, que talvez tenha até roubado seu amo Filemom para empreender a viagem de fuga. Onésimo se tornara de grande utilidade para Paulo como um fiel e amado irmão e lhe apoiara em seu ministério, mesmo assim, Paulo não se aproveitou disso, nem o incentivou a rebeldia, mas que retornasse ao seu senhor.

Não tendo como obriga-lo a isso, e sabendo das punições que aguardava um escravo fugitivo, deixou que Onésimo decidisse por si mesmo, provavelmente depois de aconselhá-lo que isto seria bom para que tivesse uma boa consciência diante de Deus; uma vez tomada a decisão em retornar ao seu amo, Paulo tomou algumas providências:

Preparou um relatório e uma carta de recomendação a Filemom, e providenciou para que Tiquico um de seus cooperadores o acompanhasse, e se empenhou pessoalmente nesta reconciliação falando da nova personalidade de Onésimo e, se lhe causara algum prejuízo, que isto fosse debitado em sua conta.

Suplicava que o encontro fosse mais de dois cristãos do que de um escravo e seu amo.

Tão grande amor para com um simples escravo fugitivo, deve ter mudado completamente os conceitos de Filemom a respeito do comportamento de um cristão nos novos relacionamentos sociais e trabalhistas. Paulo sabia que Filemom, um dedicado servo de Deus, tinha todo o direito em punir Onésimo, mas não usou de sua autoridade apostólica para lhe ordenar isso, apelou à base do amor e da amizade pessoal.

Paulo quis demonstrar com esta carta a Filemom, novas diretrizes para os cristãos, de que, na Congregação, escravos e senhores, patrões e empregados, superiores e subordinados se achavam em pé de igualdade como membros de um mesmo corpo. Assim, se um escravo viesse a ser presbítero, na esfera religiosa ele tinha autoridade sobre os senhores a quem serviam.

O primeiro convertido dentre os gentios foi o comandante militar de uma Companhia, capitão Cornélio; provavelmente alguns dos seus comandados também se converteram à fé cristã, e se alguns de seus oficiais, ou mesmo soldados vieram a serem ordenados anciãos ministeriais, na esfera religiosa gozavam de autoridade Bíblica, e Cornélio lhes devia obediência.

Estas diretrizes apontam aos cristãos de que não devem fazer parte de grupos extremistas radicais, que em nome da defesa de direitos civis acabam se tornando violadores da lei, com comportamentos agressivos e raivosos. Os que foram transformados por Cristo devem dar o exemplo influenciando a sociedade positivamente; com a esperança do Reino, e vivendo e agindo de acordo com seus princípios.
Isto não impede que o cristão use dos meios legais e pacíficos para defender seus direitos. Paulo inclusive fornece exemplo ao apelar aos tribunais e a Suprema Corte quando isto se fez necessário (At 25:11). Litigio entre irmãos devem ser buscado aconselhamento Bíblico (I Co 6).

Texto de Alceu Figueiredo.

“Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.”
Mateus 22:21

Sobre irmaozinhos “bloqueados”, beleza, vaidade, narcisismo…


Irmãos:

Aos “irmãos” que falam esses tipos de frases:

“quero namorar uma irmã que se valoriza”, “gosto de irmã que se dê ao respeito”, “irmã tem que ser bem crente”, “irmã que se pinta é Jezabel”, “quero uma irmã como companheira que não usa saias curtas, ou mini-saias, decotes, jóias, calças, roupas coladas, etc…”

Já pararam pra pensar que a grande maioria (claro que sempre há exceções) só falam por falar??

Isso mesmo!

Não podem ver uma irmãzinha com roupas curtas, decotes, roupas coladas, que já ficam “me add, tô bloqueado”… “que linda”, “gatinha”…

Isso no Face. Pessoalmente ficam secando até quase cair os olhos!!

Cadê aquele belo discurso que quer uma irmãzinha bem crente??? Quando uma irmãzinha mais simples, sem maquiagem, roupas compridas e cabelos compridos postam uma foto, por exemplo, nesses grupos, eles não respondem nem o “A paz de Deus” da foto dela… E na igreja?? Nem sequer as olham e as saúdam!!

Irmãs: Irmãos bem crentes querem do seu lado irmãs bem crentes.

Não se iludam: Deus não prepara prova, para um irmão bem crente, vai preparar uma serva temente.

Agora quero muito saber em que século vocês vivem. Isso mesmo, em que século?? Querem casar com irmão que seja rico, saiba que esse tempo já passou, hoje ambos tem que trabalhar e adquirir as coisas juntos.

Sem contar que muitas ainda nem uma louça sabem lavar.Mexa-se, se você quer amar mesmo verdadeiramente, saiba que o amor existe na riqueza e na pobreza. Dê graças a Deus que Ele te deu saúde para poder trabalhar e adquirir as coisas.

Agora amados, vamos deixar de ser hipócritas e dizer: “beleza não importa”.

Todos sabemos que isso não é o fator principal, mas importa sim! Temos que ver na pessoa algo que nos atrai, que nos chama a atenção. O que é belo pra mim pode não ser belo pra outrem. Eu posso achar uma pessoa loira bonita mas outrem pode não achar. Como que aparência não importa??? Então, se não se importasse, por que tem muitos solteiros dentro da igreja? Simples: porque a pessoa é legal, e tudo mais, mas não se sentem atraídas, não conseguem se ver como um casal. Tem que ter um atrativo, uma beleza (mesmo que seja só nossos olhos que o Fulano (a) é bonito (a), mas os seus/suas amigos (as) não acham. Então beleza é essencial! Mesmo que só você a esteja enxergando!

E aos apaixonados por si mesmo: Cuidado! Temos que nos amar, ter amor próprio, claro, mas narcisismo não é de Deus e muitos, cuidam do seu exterior e esquece de cuidar da vida espiritual. Principalmente no lado das irmãs, vemos muitas que vão pra igreja somente para desfilar, esquecem da alma.

Igreja não é desfile de moda!

Andar arrumadas, sim! Muitas não conseguem nem ficar o culto inteiro no banco, na hora da oração tem que ir no banheiro. Querem que todos te vejam, com sua roupa nova, seu sapato e acessórios novos? Conta uma obra lá na frente, testemunha, tenho certeza que todos te verão!

E tem aqueles irmãos muito vaidosos também, que só usam roupas de marcas, e tem aqueles penteados exagerados! Uma palavra resume essas pessoas: Fúteis!

Clame o sangue do Senhor Jesus! A carne apodrecerá, envelhecerá, mas a alma viverá para sempre! Seja no céu com Deus, ou ardendo no fogo do inferno!

post-herp

 

O texto de hoje é da Priscila Michele Nogueira, do Conexão CCB e do grupo Paqueras e Namoros CCB.

Tem algum texto pra mandar pra gente? Então manda:

Deus abençoe vcs!