Quem são os profetas menores?

Você dificilmente se lembrará de todos ౼ ou de alguns deles. Pois é assim que os estudiosos da Bíblia chamam aqueles profetas cujo livros foram pequenos. Gente como Naum ou Malaquias, cuja complicação de profecias não passaram de quatro capítulos.

A gente se lembra bem é dos profetas maiores: Isaías (66 capítulos), Jeremias (52 capítulos + 4 capítulos das “Lamentações”), Ezequiel (48 capítulos)…

Estive pensando sobre como isso é curioso. Para alguns, Deus deu tantas revelações que se transformaram em livros gigantes na Bíblia, já para outros, tudo o que Deus lhes revelou em toda a sua vida foi um textinho, um pouco maior do que esses que escrevemos aqui no Eita Mocidade. Alguns fizeram apenas uma pregação enquanto outros tiveram uma vida de perseguição e reviravoltas digna dos plots de Hollywood.

Na verdade, se você parar para perceber, isso acontece até hoje. Uns pregam na igreja todos os dias, outros jamais pregaram. Até mesmo entre os irmãos de ministério, uns são mais eloquentes, outros menos, uns falam mais, outros menos.

A pergunta, então, é: qual foi o profeta mais importante da Bíblia? Isaías? Daniel? Elias?

Bem, para Ninive, não foi nenhum deles. Para Ninive, foi Jonas, que foi fazer a vontade de Deus de má vontade, mas foi. Para Davi, foi Natã, que foi usado por Deus para lhe lançar seus pecados na cara, e o levar ao arrependimento. Para Herodes, era João Batista, que denunciava sua corrupção a ponto de ele ter que encomendar a cabeça do profeta para prosseguir em sua maldade com sossego.

Talvez você seja o profeta mais importante de onde você está. Talvez você não fale em línguas estranhas, mas você fala muito bem em línguas humanas, a ponto de conseguir conversar com todos, de todas as tribos e ideologias, lá no seu trabalho. Talvez você seja o profeta mais importante de onde você está, fazendo seu serviço com excelência lá na repartição pública onde você trabalha. Talvez você seja o profeta mais importante de onde você está, a saber, a sua casa. Abraçando, cuidando e apoiando seu esposo(a), filhos…

É importante você não se dar por menos. Você é extremamente importante exatamente onde Deus te colocou: seja num presídio ou seja no terceiro banco da sua igreja. Você tem que reconhecer isso, para que você não tenha por menos aquilo que Deus te deu pra fazer.

Da mesma forma, é muito importante você não se achar mais importante do que você é. E não querer ser mais importante do que você é. Sabe quando o profeta quer aparecer mais do que o Deus que lhe enviou? Quer pregar demais, profetizar demais… Até mesmo postar demais. Fala muito, fala até o que Deus nao mandou falar. Ensina até aquilo que Deus não mandou ensinar. Temos que lembrar do exemplo de João Batista: “o que importa é que eu desapareça…”

O que importa é que sejamos menos, e que Deus vá nos fazendo mais, conforme a sua vontade e necessidade. Que sejamos todos profetas menores. Afinal, diante do Profeta Maior, que pregou a verdade na prática, se deixando pregar numa cruz, somos todos profetas menores, teóricos, que sequer conseguimos colocar em prática aquilo que nós mesmos pregamos.

Que Deus tenha misericórdia de todos nós.

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s