Trompete, trombone, tuba, trompa, bombardino. Aprendi nesses últimos dias – após adquirir meu trompete – que a embocadura em instrumentos de bocal é uma ciência a parte.

E na verdade, é mesmo. Diferente dos instrumentos de palheta (sax, clarinete, oboé, etc.) e de cordas, no caso dos bocais, o som é produzido pela própria boca, através da vibração dos lábois do músico sabia?

Assista o vídeo abaixo inteiro e entenda a técnica de embocadura para metais:

Como vocês perceberam, o segredo está na técnica do buzzing. Músicos experientes conseguem produzir som musical (notas) apenas com a vibração dos lábios. O instrumento funciona apenas como um amplificador do som produzido pela própria boca. Repare:

Aí está. Tenho aprendido que não é questão de força, mas de jeito. Ou melhor: de técnica. Há de se estudar, e ter paciência, que o resultado vem, ok?

Quem tiver dicas a respeito, exponha nos comentários. E quem tiver dúvidas, também exponha. Quem sabe algum leitor não tem uma dica para nós? 🙂

Todas as terças e sábados falaremos sobre Música aqui no blog, desde teoria musical até mesmo boas canções cristãs. Deixe suas sugestões de posts nos comentários!

Embocadura de outros instrumentos? Clique aqui.

Anúncios