14 canções cristãs (e uma não cristã) para te lembrar que “o fim de tudo chegará”

“O fim de tudo chegará! Ouvi, pecadores!”, já dizia o antigo, porém atual hino. E nós, em meio às nossas aflições cotidianas, seguimos fechando os olhos, insensíveis, esquecendo que muito daquilo que nos aflige dia a dia são apenas os sinais dos últimos dias se manifestando.

O Eita Mocidade preparou essa playlist incomum justamente para nos fazer refletir acerca daquilo que todos nós sabemos e cremos.

(Lembrando que a playlist também está disponível no Spotify, clicando aqui)

A nossa playlist começa com três rocks: o primeiro, do Fruto Sagrado, se chama “Vai Acabar”. O título e as pancadas fortes já dão o tom da mensagem da playlist.

“O poder que nos fez surgir do nada
Vai mostrar que o poder do homem não é nada”

(“Vai Acabar”, de Fruto Sagrado)

A playlist continua com o rock “O Fim é só o Começo”, do Oficina G3, lembrando que nada ficará oculto aos olhos de Deus, e que, de fato, aquilo que o mundo chama de fim, é só o começo, para quem crê. Basta olhar para o alto, e ver quem vem sobre as nuvens.

A terceira faixa, “Desesperado”, também do Fruto Sagrado, é bem inusitada: comenta como o diabo está desesperado ao saber que estes são seus últimos dias. A letra é bem inteligente, e nos lembra de quem deve estar desesperado, na verdade.

E o desespero do diabo é o motor que motiva o caos desses últimos dias, retratado pela faixa “Ele voltará”, do Coral Voice Soul. A canção nos faz lembrar que em meio à tudo isso, abraçar Jesus é a nossa salvação.

A quinta faixa vem aliviar nossa alma em meio a toda essa constatação. “Jamais”, de Leonardo Gonçalves, nos trás a paz e a esperança de quem sabe que não morrerá jamais.

“É que a gente sofre tanto por tudo que se desfaz”

(“Novo”, de Leonardo Gonçalves”)

A sexta faixa, “Volta”, de Daniela Araújo, é o clamor de uma alma que almeja a volta do seu Salvador.

“Montréal”, a sétima faixa, da dupla Os Arrais consegue nos fazer “respirar o ar de um novo lar”. Mais uma pitada da paz vindoura.

“Fecho os olhos
E encho o peito
Do ar de um monte
Onde rico e pobre
Comerão da mesa do rei”

(“Montréal”, de Os Arrais)

Na oitava faixa, Marcos Almeida vem nos lembrar que “Toda Dor é Por Enquanto”. Um alento para quem sofre as aflições desses últimos dias.

A Banda Resgate, na nona faixa, nos lembra que Deus é um ser todo poderoso e ativo. Deus não está descansando em meio a tudo isso, e um dia “Ele Vem”.

E em meio a destruição, Jesus vem, para fazer tudo “Novo”, como diz a Palavra em Apocalipse 21. Essa é a mensagem da décima faixa, cantada por Leonardo Gonçalves.

A banda americana Casting Crowns, na décima primeira faixa, nos lembra das palavras de Apocalipse 19: somos uma noiva aguardando o nosso “Wedding Day”, o nosso Dia do Casamento com o Esposo.

There’s a stirring in the throne room / Há uma agitação na sala do trono
And all creation holds it’s breath / E toda a criação prende a respiração
Waiting now to see the bridegroom / Esperando agora para ver o noivo
Wondering how the bride will dress / Imaginando como a noiva vai se vestir
And she wears white / E ela se veste de branco
And she knows that she’s undeserving / E ela sabe que não merece
She bears the shame of history / Ela carrega a vergonha da história
With this worn and weary maiden / Com esta donzela desgastada e cansada
Is not the bride that He sees / Não é a noiva que ele vê
And she wears white head to toe / E ela usa branco, da cabeça aos pés
But only He can make it so / Mas só Ele pode deixá-la assim

(“Wedding Day”, de Casting Crowns)

“Descanso”: esse é o título da 12ª faixa, do Oficina G3, nos fazendo lembrar de um Jesus que alivia, como Ele mesmo disse, em Mateus 11. Nele encontramos alívio e um braço mais forte que o nosso para carregar o nosso fardo em dias como estes.

O Oficina G3 continua, na 13ª faixa, com “People Get Ready”. O título é claro: “Estejam Prontos”, pois o Senhor vem como um trem. Se você vacilar, pode perdê-lo.

Na 14ª faixa, “As Portas Vão se Levantar”, de Rodolfo Abrantes nos transporta para aquele dia retratado no Salmo 24: “Levantai a cabeça, portas! Por ela passará o Rei da Glória”.

E a faixa derradeira nos faz perceber que até o mundo sabe que o fim de tudo chegará. “Juizo Final” aqui é cantada pelo Seu Jorge. Essa canção foi composta pelo sambista Nelson do Cavaquinho e ficou muito famosa há pouco tempo na voz de Alcione. Preste bem atenção na letra e me diz se não poderia ser uma canção cristã? São as pedras clamando, como disse Jesus.

O sol há de brilhar mais uma vez
A luz há de chegar aos corações
Do mal será queimada a semente
E o amor será eterno novamente

É o juízo final
A história do bem e do mal
Quero ter olhos pra ver
A maldade desaparecer

(“Juízo Final”, de Seu Jorge”)

Lembrando que temos essa playlist no Spotify. Link aqui.

 Todas as terças e sábados falaremos sobre música aqui no blog, desde teoria musical até mesmo boas canções cristãs. Deixe suas sugestões de posts nos comentários!

 

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s