Todos nós queremos que Deus faça obras nas nossas vidas! E quando pensamos em “obras”, logo vem em nossas cabeças coisas como curas, vida material, sentimental, famílias, causas… E tudo isso são, de fato, obras que esperamos em Deus, e gloria a Deus por isso!

Mas, talvez exista uma obra ainda maior que Deus queria fazer em nossas vidas…

Filipenses é um livro que deveríamos ler e reler de tempos em tempos. Porque ele nos “coloca no lugar” diante de tantas ansiedades que vivemos. Ele mostra um apóstolo Paulo preso, mas orando, glorificando e aconselhando uma igreja.

Normalmente é o preso quem precisa de visita, não é? Mas ao ler Filipenses, parece que somos nós que estamos presos e Paulo é quem está livre. Ao ler Filipenses, vemos um Paulo maduro, dizendo que devemos ficar em paz, dizendo que ve lucro tanto em morrer e ir pra Cristo como em viver para servir a Ele na terra, um Paulo que diz saber viver tanto na riqueza quanto na pobreza, porque tudo ele pode no Deus que o fortalece.

Talvez as provas que passamos sirvam para isso mesmo: para nos amadurecer. E talvez seja essa a maior obra que Deus queria operar em nossas vidas. Mais do que as coisas que pedimos todos os dias em oração (se é que oramos todos os dias).

A boa obra a qual Paulo se referia no início do capítulo 1 era o Evangelho de Cristo que estava derramado na igreja de Filipos, Evangelho no qual aquela igreja já estava trabalhando e cooperando.

Então, que Deus realize a sua boa obra em nós. Que Ele nos dê todas as condições necessárias para viver e trabalhar por este Evangelho, seja livres ou presos. Amém.

A coluna “Exemplos da Bíblia“, aparece por aqui todas as quartas. Clique aqui para ler outros textos sobre Filipenses.

Anúncios