O apóstolo Paulo e a consciência negra

O exemplo do apóstolo Paulo grita, mas nos insistimos em tapar nossos ouvidos e prosseguir em nossa ignorância disfarçada de fé.

O exemplo de Paulo grita, lá na biblia: livro de Atos, capítulo 17. A experiência de Paulo em Atenas, na Grécia Antiga. Paulo chegou a cidade e se impressionou com todas aquelas divindades representadas por estátuas na “cidade da razão”. Mas Paulo se deixou guiar pelo Espírito Santo: não chegou na Grécia “chutando a santa” ou “destruindo o terreiro” e dizendo que fazia isso em nome de Cristo.

Paulo se deixou guiar pelo Espírito Santo de Deus.

O relato de Atos conta que ele chegou e começou a conversar com um e outro, e a falar de Jesus. Logo, ele foi levado ao Areópago, para que explicasse melhor suas idéias novas diante daquele povo conhecido pela sua busca pela sabedoria. Mas a história do filho de Deus que desceu dos céus e pagou com sua vida os pecados da humanidade, e que ainda voltaria para resgatar todos os que nele cressem era escandalosa demais, até mesmo para aqueles que cresceram crendo em toda a mitologia grega.

Mas o papel de Paulo não era convencer ninguém, e nem forçar alguém a seguir uma religião. O papel de Paulo era simplesmente pregar. Apenas o Espírito Santo tem o poder de convencer alguém. Assim, no meio do escândalo que foi aquilo, a bíblia conta que houve um número de pessoas que creram, e assim foi iniciada a obra de Deus em Atenas.

Entenderam? Repare que Paulo não agiu com preconceitos e “não me toques”, repare que ele não teve medo dos praticantes da outra religião, também nao foi ignorante. Paulo não desrespeitou os símbolos religiosos e culturais daquele povo em sua pregação, simplesmente porque não precisava. Bastava pregar a salvação em Jesus, e o Espírito Santo de Deus faria a obra de conversão nos corações em que Ele mesmo achasse graça.

Hoje, no dia da consciência negra, quero refletir sobre a nossa relação com as religiões africanas e seus adeptos. Será que de fato estamos nos deixando guiar pelo Espírito de Deus em muitas de nossas ações e discursos? Será que estamos seguindo o exemplo de Paulo em Atenas?

Muitas pessoas sequer cumprimentam um umbandista com medo “dos espíritos”. Outras morrem de pavor quando são ameaçadas com “macumbas”, como se o Espírito Santo que há em nós não fosse maior que qualquer ameaça.

Não adianta. Ser Cristão é amar. Não tem outro jeito. Essa é a mensagem da cruz. Esse é o escândalo que os sábios gregos não puderam compreender: o filho de Deus descendo a essa terra e morrendo por amor. E isso tem que ser mais que um discurso nosso, tem que se transformar em atitude. Quando deixamos de orar e nos relacionar com alguém por causa de sua crença, estamos deixando de praticar o que Jesus mandou. Ainda que estes fossem nossos inimigos, o que Jesus mandou? O que está escrito em Mateus 5:44?

Amor.

Não tem jeito. Temos que ser o povo do amor. E amor e preconceito não andam de mãos dadas. Não estou aqui dizendo que temos ou concordar com práticas repudiadas pela bíblia. Mas a mesma bíblia que repudiou essas práticas também nos mandou amar a todos, e pregar o amor a todos. Apenas pregar, sem forçar, sem ameaçar, sem discriminar. Da mesma maneira que Paulo fez lá na Grécia. Sabendo que o Espírito Santo moveriá os corações cujo Ele achasse graça.

Se o seu vizinho candomblecista se tornará cristão algum dia? Só o Espírito Santo de Deus pode responder. O que cabe a nós é o mandamento que Jesus deixou: amar. Amar não é concordar, aceitar ou participar das mesmas coisas. Amar é amar.

Simples assim. Difícil assim.

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s