Depois de tragédias como as que ocorreram em Paris dias atrás, é normal se ver uma onda de preconceitos e ignorância contra mulçumanos.

Não sou nenhum estudioso e não vou sair aqui afirmando o que eles pregam exatamente, até porque isso não importa.

O que importa é o que NÓS pregamos: o amor, a abraço, o orar.

Achar que todo mulçumano é terrorista é no mínimo burrice. Os refugiados sírios que chegam no Brasil todos os dias, aliás, não são terroristas, e sim VITIMAS do Estado Islâmico, assim como os cristãos que eles decapitam todos os dias e exibem na internet.

Ainda que alguém de outra religião fosse nosso inimigo, qual é o mandamento de Jesus mesmo? Alguém se lembra?

Amar e orar pelos nossos inimigos. Foi isso que Jesus disse no sermão da montanha. Está lá em Mateus 5:44. Podem conferir. Não existe nenhum mandamento de Jesus sobre deixar de abraçar ou agir com preconceito.

Não sejamos ignorantes, e que não espalhemos ignorâncias pela internet e pelas discussões de ônibus, hora de almoço na empresa e hora de intervalo na escola.

Nosso discurso tem que ser cristão, assim como nossas ações.

Sobre a imagem: Uma imagem da página do pastor Hermes C. Fernandes, com uma proposta muito interessante. Vamos orar?

Anúncios