SE ÉS MEU IRMÃO, A PAZ DE DEUS!

 E se não és, a paz de Deus também, afinal, o mundo precisa dessa paz.

Aliás, o que define se alguém é o não é meu irmão?

Bem, poderíamos todos nos considerar irmãos, uma vez que somos todos descendentes da mesma Eva e do mesmo Adão, não é? Somos todos humanos. E seria muito saudável sim enxergarmos o nosso próximo como o nosso irmão, o nosso semelhante. Alguém que pode sentir fome, frio e tristezas, assim como nós. Alguém tão fraco e tão pecador quanto qualquer um de nós.

Outra abordagem para “irmão” é a usada entre crentes, que se consideram “irmãos em Cristo Jesus”, uma fez que fomos feitos filhos de Deus por causa do sacrifício de Cristo (Romanos 8:15-17). Por isso, em muitos meios cristãos constuma-se usar o termos como “irmão João”, “irmã Tereza”…

Muito bom nos considerarmos como irmãos. Melhor ainda é agirmos como se realmente fossemos todos irmãos. É disso que fala o amor fraternal. Falsidade é ver pessoas que se chamam por “irmão” isso e aquilo, mas não os trata assim. Além de falsidade, é uma afronta e tanto a Deus, uma vez que você está destratando um de seus filhos. (Pense nisso..)

Mas sermos irmãos em Cristo não nos desobriga a enxergamos os que não creem em Cristo como irmãos. Pois somos todos irmãos, somos todos humanos, debaixo do mesmo sol e da mesma chuva, sujeito as mesmas catastrofes, guerras, epidemias, preconceitos e todos os tipos de tragédias e injustiças. Há aqueles que não conseguem enxergar os “de fora” como irmãos, isso é errado! Pois Cristo nos mandou amarmos a todos como a nós mesmos. Todo o bem e todo o abraço e assistência que daríamos a um “irmão em Cristo” também devem ser dados naquele que não é Cristão, isso é mandamento de Deus.

Nos enxergarmos como irmãos nos faz entender que somos todos iguais. E estamos sujeitos não apenas às mesmas injustiças, mas também a cometer os mesmos erros. O seu título de cristão não te blinda contra nada, e não te faz um ser humano perfeito. Os verdadeiros cristãos não creem que jamais errarão, mas creem que se errarem, encontrarão em Cristo perdão, redenção e a chançe de começar uma vida nova.

Outra consideração sobre o termo “irmãos”: aqueles que não conseguem considerar pessoas pertencentes à outras denominações como irmãos. Já cheguei ao absurdo de ver pessoas chamando crentes de outras denominações de “primos”, da maneira mais pejorativa possível. Pergunto: se você faz isso, ou você está dizendo que aquela pessoa não é filho de Deus, ou então você está afirmando que você não é. E quem é você para apontar para alguém e decidir quem é e não é filho de Deus? por acaso Deus te designou para julgar? Meça suas palavras e não peque contra Deus.

Ainda que não sejamos todos “irmãos em Cristo”, somos todos irmãos na carne, e isso não é ruim, pois temos todos ainda uma natureza humana, terrestre. Dividimos um mesmo planeta, sofremos e choramos juntos. Muitas nações só descobrem isso nos piores momentos: diante de um grande terremoto, tsunami ou quando os tanques de guerra invadem as ruas do bairro anunciando tempos de sangue. Aqui no Brasil não constumamos ter nada disso, talvez seja esse o motivo dessa tamanha desunião entre as pessoas. Mas ainda sem as guerras e terremotos, somos todos vitimas dos desmandos dos políticos inescrupulosos, da violencia urbana. Todos temos o mesmo medo de perdermos nossos entes queridos para as drogas e todos temos que pagar 40% de tudo que ganhamos em impostos. Todos sofremos com a falta d’agua e a falta de amor ao próximo.

Se existe algo que nos difere é que nós estamos todos os domingos reunidos em igrejas não por causa de um rito religioso, mas para ouvirmos e aprendermos sobre o Amor. Para aprendermos a praticá-lo, dentro e fora dos domínios da igreja, com crentes e descrentes. Ninguém nesse mundo ouve e aprende mais sobre o amor do que nós, então que sejamos nós os responsáveis por distribuir o verdadeiro Amor por esse mundo. Vamos assumir essa responsabilidade. A Bíblia fala que nos últimos dias, o amor de muitos se esfriariam, mas não diz que o seu amor tem que esfriar.

Mantenha essa chama acesa! Ame a todos como se fossem seus irmãos!

Então, SE ÉS MEU IRMÃO, A PAZ DE DEUS! E se não és, a paz de Deus também, afinal, o mundo precisa dessa paz, e desse Amor.

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s