Esse texto é pra você, que “está afim de um romance”, e nada mais…

VIVENDO POR UM ROMANCE, que pode chegar a qualquer momento.

Ele pode estar escondido em cada esquina, em cada rosto de cada pessoa. Seja no trabalho, no ônibus, na faculdade ou na igreja.

Ah, na igreja… Onde estará o meu amado(a)? Em qual desses rostos está escondido aquele (a) que será o amor da minha vida? Quem desses(as) estaria carregando a chave do meu coração? Eu o busco ansiosamente em cada culto, em cada reunião… Onde estará? Ah…

Que palavrinhas lindas, não é? Se encaixariam muito bem em um livro de poesias ou em uma historia romântica. Mas na vida de um jovem que serve a Deus, isso pode ser um alerta de perigo. Não que a espera pela preparação de Deus seja errada: muito pelo contrário, ela é certíssima! Mas será que essa ansiedade não está te dominando?


Responda-me uma simples pergunta: qual é a prioridade de um jovem servo de Deus? Veja bem: disse “prioridade”, ou seja, a coisa mais importante entre todas as outras:

( ) casar-se
( ) estudos e vida profissional
( ) servir a Deus

Obviamente que agora todos disseram que servir a Deus é a prioridade. Mas será que esta tem sido a verdade na sua vida? Ou será que a ansiedade da espera tem tomado todo o seu coração? Ou será que você vive apenas por um romance? Ou será que tudo o que você espera de Deus é um casamento?

Será que toda a missão que Deus tem para a sua vida se resume a um casamento?

Aliás, qual é a missão que Deus tem para a sua vida? O que Ele requer de você? Quais dons Ele quer te dar? Em que setor da Obra de Deus Ele quer que você trabalhe e dê frutos?

Aliás, será que você quer dons? Será que você quer trabalhar na Obra de Deus? Será que você se compadece ao ver o enfermo, o aflito, o parado, o desviado, o faminto?

Ou será que a única coisa que você consegue pensar é em quando o seu “príncipe” ou “princesa” vai chegar?

Será que Deus se agrada de alguém que só pensa no seu próprio “problema”, e se esquece de servi-lo? Alguém cuja orações só falam em si mesmo e em suas carências e se esquece da aflição do próximo, que muitas das vezes são as pessoas que dividem um lar com você?

Será que Deus está se agradando da sua espera?

Porque não basta afirmar que “escolheu esperar”, Deus quer ver o que você faz, pensa, ora e como você age enquanto espera. Se você se comporta como um verdadeiro servo, granjeando seus talentos.

Muitos jovens estão “enterrando seus talentos” enquanto esperam em Deus.

Lembre-se de Rute, que foi fiel aquela que deveria ser sua ex-sogra, mesmo quando não tinha obrigação nenhuma, e por causa disso foi abençoada.

Lembre-se de Jacó, que trabalhou arduamente durante os seus 14 anos de espera.

Lembre-se de Gideão, que foi chamado de “varão valoroso” porque foi encontrado trabalhando enquanto esperava a providência de Deus.

Lembre-se do nosso Senhor Jesus, e da parábola dos talentos, e de quando Ele disse que a árvore que não produzir frutos será lançada no fogo.

Lembre-se até mesmo de Paulo, que nunca se casou e ainda assim serviu a Deus feliz, e ainda recomendava aos corintios que era melhor que os solteiros não se casassem para melhor servir a Deus.

Óbvio que para a maioria Deus tem planos de preparar casamento e família. Planos lindos, aliás. Mas, que possamos ser fiéis no pouco – nas carências e solidões do solteirismo – para que um dia Deus possa nos colocar no muito.

Como disse o próprio Jesus: “Busque o reino de Deus e sua justiça, e as demais coisas serão acrescentadas.”

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s