Cristãos e os direitos civis: o exemplo de Paulo

QUANDO o apóstolo Paulo estava organizando as primeiras Congregações ele se deparou com o problema da escravidão; e como não estava desfraldando bandeiras políticas de protesto, mas anunciando o Reino de Deus que muda primeiro o homem em seu interior, para depois influenciar mudanças na sociedade e nos relacionamentos humanos; então, Paulo não procurou questionar diretamente a instituição da escravidão, antes abrandá-la com a adoção de atitudes mais positivas entre senhores e escravos, e orientou na carta à Timóteo (cap 6) de que o relacionamento entre senhores e escravos devia seguir nova orientação; conforme escreveu aos Gálatas: não há escravo nem livre, porque todos sois um só em Cristo Jesus. (Gl 3: 28)

Paulo deu um bom exemplo quando da conversão do escravo fugitivo de nome Onésimo, que talvez tenha até roubado seu amo Filemom para empreender a viagem de fuga. Onésimo se tornara de grande utilidade para Paulo como um fiel e amado irmão e lhe apoiara em seu ministério, mesmo assim, Paulo não se aproveitou disso, nem o incentivou a rebeldia, mas que retornasse ao seu senhor.

Não tendo como obriga-lo a isso, e sabendo das punições que aguardava um escravo fugitivo, deixou que Onésimo decidisse por si mesmo, provavelmente depois de aconselhá-lo que isto seria bom para que tivesse uma boa consciência diante de Deus; uma vez tomada a decisão em retornar ao seu amo, Paulo tomou algumas providências:

Preparou um relatório e uma carta de recomendação a Filemom, e providenciou para que Tiquico um de seus cooperadores o acompanhasse, e se empenhou pessoalmente nesta reconciliação falando da nova personalidade de Onésimo e, se lhe causara algum prejuízo, que isto fosse debitado em sua conta.

Suplicava que o encontro fosse mais de dois cristãos do que de um escravo e seu amo.

Tão grande amor para com um simples escravo fugitivo, deve ter mudado completamente os conceitos de Filemom a respeito do comportamento de um cristão nos novos relacionamentos sociais e trabalhistas. Paulo sabia que Filemom, um dedicado servo de Deus, tinha todo o direito em punir Onésimo, mas não usou de sua autoridade apostólica para lhe ordenar isso, apelou à base do amor e da amizade pessoal.

Paulo quis demonstrar com esta carta a Filemom, novas diretrizes para os cristãos, de que, na Congregação, escravos e senhores, patrões e empregados, superiores e subordinados se achavam em pé de igualdade como membros de um mesmo corpo. Assim, se um escravo viesse a ser presbítero, na esfera religiosa ele tinha autoridade sobre os senhores a quem serviam.

O primeiro convertido dentre os gentios foi o comandante militar de uma Companhia, capitão Cornélio; provavelmente alguns dos seus comandados também se converteram à fé cristã, e se alguns de seus oficiais, ou mesmo soldados vieram a serem ordenados anciãos ministeriais, na esfera religiosa gozavam de autoridade Bíblica, e Cornélio lhes devia obediência.

Estas diretrizes apontam aos cristãos de que não devem fazer parte de grupos extremistas radicais, que em nome da defesa de direitos civis acabam se tornando violadores da lei, com comportamentos agressivos e raivosos. Os que foram transformados por Cristo devem dar o exemplo influenciando a sociedade positivamente; com a esperança do Reino, e vivendo e agindo de acordo com seus princípios.
Isto não impede que o cristão use dos meios legais e pacíficos para defender seus direitos. Paulo inclusive fornece exemplo ao apelar aos tribunais e a Suprema Corte quando isto se fez necessário (At 25:11). Litigio entre irmãos devem ser buscado aconselhamento Bíblico (I Co 6).

Texto de Alceu Figueiredo.

“Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.”
Mateus 22:21

Anúncios

E você? O que pensa sobre o assunto? Comente abaixo e enriqueça a discussão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s