Alguns de fora e de dentro da igreja acham que ela está perdida. Crentes que só o são da boca pra fora, hipócritas, invejosos, mentirosos… Muitos ao verem isso esfriam na graça,  desacreditam de Jesus por não verem seus reais seguidores e sim os seus falsos seguidores.

Mas, não se deixe enganar, e não se deixe esmorecer. O s reais seguidores de Cristo existem sim. E sobre os falsos, Paulo já falava havia 2 mil anos:

Lembre disto: nos últimos dias haverá tempos difíceis. Pois muitos serão egoístas, avarentos, orgulhosos, vaidosos, xingadores, ingratos, desobedientes aos seus pais e não terão respeito pela religião. Não terão amor pelos outros e serão duros, caluniadores, incapazes de se controlarem, violentos e inimigos do bem. Serão traidores, atrevidos e cheios de orgulho. Amarão mais os prazeres do que a Deus; parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro poder dela. Fique longe dessa gente! (2 Timóteo 3-1:5)

Pois vai chegar o tempo em que as pessoas não vão dar atenção ao verdadeiro ensinamento, mas seguirão os seus próprios desejos. E arranjarão para si mesmas uma porção de mestres, que vão dizer a elas o que elas querem ouvir. Essas pessoas deixarão de ouvir a verdade para dar atenção às lendas.
2 Timóteo 4:3-4

Há 2 mil anos atrás, Paulo já falava à Timóteo dos falsos cristãos. E também já trazia recomendações sobre como deveria ser a conduta de um verdadeiro cristão diante dos falsos:

Quanto a você, continue firme nas verdades que aprendeu e em que creu de todo o coração. Você sabe quem foram os seus mestres na fé cristã.

2 Timóteo 3:14

Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que julgará todos os seres humanos, tanto os que estiverem vivos como os que estiverem mortos, eu ordeno a você, com toda a firmeza, o seguinte: por causa da vinda de Cristo e do seu Reino, pregue a mensagem e insista em anunciá-la, seja no tempo certo ou não. Procure convencer, repreenda, anime e ensine com toda a paciência.
2 Timóteo 4:1-2

Mas você, seja moderado em todas as situações. Suporte o sofrimento, faça o trabalho de um pregador do evangelho e cumpra bem o seu dever de servo de Deus.
2 Timóteo 4:5

Era assim naqueles tempos, e é assim hoje: alguns escolhem seguir o Evangelho, e outros escolhem fazer de conta que estão o seguindo. Mas, tanto a estes como a aqueles, Deus os julgará no último dia. Ele separará o joio e o trigo (Mateus 13:24-30).

O meu objetivo com esse post é provar para você que está desacreditado que a igreja não está perdida. Sua maioria ainda é composta por pessoas que servem a Deus em espírito e verdade, exercendo os dons que Deus deu, alguns destes bem visíveis a todos e outros bem escondidos, pessoas que fazem boas obras que só Deus pode ver (por exemplo, você sabe quantas pessoas podem ter orado por você hoje?)

O vídeo abaixo mostra um exemplo claro disso. Um batismo da Congregação Cristã no Brasil em um presídio. Lá, em um lugar horrível, onde os seres humanos são descartados como lixo. Sim, sabemos que a maioria está lá porque mereceu. Mas isso não importa, Jesus disse “Ide!”, e o próprio Jesus disse que veio para os “doentes”, e não para os sãos.

Este é um exemplo belo e inspirador do evangelho aplicado, que não fica trancado dentro das 4 paredes de uma igreja, e sim vai aonde a necessidade está, leva Pão, Água e Vida para aquele que mata porque só tem a morte dentro de si, em um país onde a igreja continua lutando praticamente sozinha para recuperar presidiários:

Este texto faz parte da coluna intitulada “A igreja não está perdida”. Nosso objetivo não é fazer propaganda de igrejas, até porque a própria Congregação – como afirma em sua página oficial – não se usa de propagandas em meios de mídia. E nem mesmo falamos apenas das boas ações da Congregação, em outros textos desta série já falamos de boas ações de outras denominações. O objetivo não é fazer propaganda de igrejas, mas sim tentar acabar com essa injustiça de que igrejas só pensam em dinheiro, ou são compostas por gente fanática, incauta e hipócrita.

Talvez você tenha sofrido algum tipo de experiência ruim na vida dentro da igreja. Para você, eu recomendo ler as passagens que citei acima, sobre a epístola de Timóteo, onde Paulo mostra que os maus elementos dentro da igreja sempre existiram, mas os bons também sempre existiram, e no final, é você quem escolhe de que lado vai ficar, e qual grupo você vai “engrossar”. Porque no fim, o joio e o trigo serão separados, a Justiça de Deus virá, e se você fez boas obras, ainda que tenha sido perseguido e ferido, nada escapará dos olhos e da memória de Deus.

Anúncios