Hey mocidade! Antes de mais nada quero dizer que estou escrevendo este texto sob efeito de algo que me remeteu aos dourados anos da infância… Vc sabe o que é tomar um copo de Nesquik depois de décadas? É entrar na máquina do tempo e voltar 15, 20 anos no tempo… Nos tempos da infância, escola, creche, pré-escola… Ótimos tempos! 🙂

nesquik

Ótimos tempos! Experiências vividas, que nunca se apagam! Muito pelo contrário, Deus com certeza espalhou alguns “copos de Nesquik” pela sua vida para que vc sempre possa lembrar de como a felicidade é algo real! 🙂

Experiências. Essa é a palavra chave do texto de hoje.

Ligue a TV, assista um filme, ou um comercial. E veja que o mundo sempre está tentando valorizar ao máximo as experiências que ele pode proporcionar a cada um de nós: desde o primeiro beijo até o primeiro neto, passando pelo primeiro carro, a primeira transa, o primeiro semestre da faculdade, o primeiro emprego, o primeiro filho…Experiências muito boas, (algumas delas só se for na hora certa). Mas, em meio a tudo isso, sempre aparece algumas experiências que o mundo tenta vender como “boas”, mas não são tão boas assim: o primeiro cigarro, o primeiro gole, o primeiro roubo, a primeira transgressão, a primeira traição…

Bem, escrevi tudo isso até agora para tentar te colocar exatamente no contexto desse texto: nossas experiências… Com Deus.

Sim, com Deus!

Pense rápido: vc já teve alguma experiência com Deus? Quantas vezes? Qual foi a última vez que isso aconteceu?

(…)

(…)

E aí, pensou? Entendeu minha pergunta?

Sim, porque existem experiências com Deus que, de tão fortes, marcam a gente pela eternidade.

Por exemplo, até hoje eu me lembro do dia da minha conversão, da primeira vez que Deus falou comigo pela Palavra: lembro que Deus usava o cooperador da minha comum na Palavra, e ele dizia, levantando a Bíblia com as mãos: “Se vc abraçar essa Palavra, Eu vou fazer uma obra na tua vida, te diz o Senhor!” – Bem, eu senti Deus uma coisa tão poderosa que eu ABRACEI A BÍBLIA. LITERALMENTE. AGARREI MESMO! Hahaha….

Também lembro do dia do meu batismo: lembro que sentia Deus me chamando, e eu resistia… e lembro que meu coração batia tão forte que quase morri (sério mesmo! hahah), quando vi, já estava nas águas…

Infelizmente, não conheço a experiência de ser batizado com o dom de Línguas… Imagino (e leio lá em Atos 2) que isso eve ser uma coisa sem igual! (Aliás, orem por mim, para que Deus realize meu desejo!)

Ok. Estas são experiências capitais na vida do crente. Assim como os milagres que Deus já operou nas nossas vidas: quando Ele te livrou da morte, quando Ele curou sua enfermidade, quando Ele supriu sua necessidade, etc.. Mas hoje, eu quero falar das pequenas experiências que todos nós temos com Deus. Experiências tão pequenas como tomar um copo de Nesquik e lembrar dos tempos de infância. São experiencias, aqueles momentinhos com Deus, que são tão maravilhosos, que se tornam grandes. Pequenos gestos que provam um grande amor…

Por exemplo:

  • Teve uma noite que eu estava lendo a Bíblia, antes de dormir, e eu lembro que eu cochilei, e dormi lendo a Bíblia. Dormi mesmo, só fui acordar com o despertador, no outro dia. Não lembro de muita coisa, mas lembro que fui dormir debaixo de uma sensação tão, mas tão gostosa, que sei lá, era a presença de Deus mesmo, só podia… Foi gostoso demais!

  • Falando em dormir, teve um domingo que fui congregar, e eu estava realmente “provado” – não me lembro com o que –  mas estava. Na hora da Palavra, o universitário aqui – que dorme todas as noites à 1:30 pra acordar às 6 – não resistiu: dormiu feito um bebê. Mas, incrivelmente, eu senti Deus falando comigo! Não consigo me lembrar de qual foi a Palavra naquele dia, mas só me lembro de estar cochilando e eu dizendo em pensamento: “Deus está falando comigo! Deus está falando comigo!”. Naquele dia, mesmo dormindo “de boca aberta” no culto, Deus falou comigo e libertou a minha alma!

  • Bem, pra vc não ficar aí pensando que eu sou um dorminhoco (rsrsrs), teve uma noite que – lá pras 11 – eu resolvi deitar, mas não dormir. Eu tomei uma decisão: “não vou dormir, vou ficar aqui acordado, só meditando em Deus!” –  e assim foi, coloquei um fone de ouvido, fiquei ouvindo uns hinos e meditando como Deus é bom, relembrei de todas as obras que ele fez na minha vida, todos os milagres, todas as vezes que Ele me corrigiu, me ensinou, enfim, em tudo o que Ele fez. Naquela noite, digo que senti a presença de Deus de uma maneira especial, foi muito lindo! Glória a Deus! Quando fui ver, quando fui começar a sentir sono, já era por volta de 2 da manhã! Isso mesmo, fiquei 3 horas só pensando em Deus! Olha que lindo!

  • E a última (senão eu fico a madrugada toda aqui contando obra…rsrsrs) Desde o ano passado, Deus preparou de uma maneira toda especial que eu iniciasse um cursinho de inglês. Sempre foi meu sonho, e Deus preparou. Bem, semana passada, eu aqui raciocinando, pensei: ” Hey, será que eu consigo fazer uma oração em inglês?” Lá fui eu tentar. Não saiu lá muita coisa não, nada muito distante de um “Lord, I wanna thank you for everything….” Mas, olha, senti mesmo a presença de Deus! Senti que Deus recebeu minha oração! E Ele foi o primeiro que eu parei alguns minutos para conversar em inglês. Foi minhas primícias, não? rsrsr

Entendeu agora. Estou falando dessas experiências. Coisas pequenas, mas que tem um grande valor! São essas coisas que provam que Deus existe, que Ele está contigo, que Ele é o seu Amigo! Isso está acima de qualquer ciência. Isso, nenhum ateu nunca vai entender, mesmo que eu tente explicar. Como dizer que um Deus desse não existe? Como dizer que essas experiências que vivi (e outras que não citei) não são verdadeiras? Mesmo que a provação vier, mesmo que a luta for dura! Nada vai roubar essas memórias, essas experiências, esses momentos que eu tive com Deus!

É isso que fortalece nossa fé! É isso que nos firma na graça! E nós temos que começar a valorizar isso! Isso é importante demais! A gente valoriza tanto as experiências – nem sempre boas – que o mundo nos oferece… Por que não valorizar as experiências boas que Deus nos proporciona, ainda que sejam as pequenas?

Quando vc começar a reparar isso – essas experiências – aí vc vai perceber que Deus não te abandonou, que Ele está com vc todos os dias, que todos os dias Ele dá pelo menos um sinal de que te ama. Deus realiza um milagre por dia na tua vida!

Olha, eu tenho fé que esse post é resposta pra muita gente que está lendo, e se sentindo só, abandonado na caminhada, achando que nem mesmo Deus se lembra mais…

Por Deus, com a fé que eu tenho: começa agora mesmo a tentar reparar essas pequenas coisas. Eu espero que amanhã vc acorde tentando reparar isso. Eu espero mesmo que comece hoje mesmo, porque vc não faz como eu fiz naquele dia: desliga esse computador, se fecha no seu quarto e começa a lembrar de todas as boas coisas que Deus já fez na tua vida? Começa a dar Glória por tudo isso! Vc vai sentir o que eu senti! Tenho certeza!

Anúncios